Para preservar e divulgar a história da cafeicultura nas década de 1950, 60 e 70, o Memorial do Café foi lançado em Maringá, dentro do antigo barracão do IBC. O local ganhou o nome do fotógrafo Armínio Archimedes Pedro Gonçalves Kaiser, autor do livro “Ao sabor do café”. O Memorial faz parte do projeto de modernização e ampliação da Incubadora Tecnológica de Maringá. “A história será contada por meio de fotografias. Serão 14 painéis divididos de acordo com os capítulos do livro do
Kaiser, que morreu em 2014, mas antes da sua morte nos cedeu sua obra”, declarou o professor José Roberto Pinheiro de Melo, vice-presidente do Conselho de Administração da Incubadora. 
O espaço mostrará, por exemplo, o desenvolvimento provocado no norte do Paraná pelo café, com o surgimento de estradas de ferro e até das cidades de Maringá e Londrina. O público poderá ver máquinas e objetos da época, material vindo do próprio acervo do IBC e também de ex-funcionários. 

O projeto está em fase de implantação e deve ser concluído no primeiro semestre de 2018.

A visitação é gratuita e acontece na Avenida Centenário, 116, Zona 8.